Salvando seu Casamento




Você já ouviu o gotejar de uma torneira?

É impressionante como aquele pin pin pin é irritante, ainda mais quando ele ocorre de uma forma contínua.

Já imaginou ter que conviver todos os dias de sua vida, com uma torneira gotejando sem parar?

Haja mansidão! Parece uma tortura! Rsrs

A Bíblia compara a mulher rixosa a um gotejar contínuo em Provérbios 27:15

Mulher rixosa é aquela que vive reclamando. Reclama porque o marido não a ajuda nas tarefas de casa, reclama porque ele dá muita atenção ao trabalho, reclama das contas a pagar, reclama porque a geladeira está velha e ele tem que comprar outra, reclama porque ele deixa as coisas fora do lugar, reclama porque ele deixou o tubo de pasta de dente aberto, cobra carinho, cobra atenção, cobra soluções...

Cada reclamação é uma gotinha que pinga.

Todo homem foge da mulher rixosa, é preferível morar sozinho do que com ela. Pv 21.19 – “Melhor é morar numa terra deserta do que com a mulher rixosa e iracunda.”

A mulher rixosa é briguenta, barulhenta, e a iracunda é propensa a ira, irada.

"Não quero!", "Que chatice!", "Porque eu?!", "Ninguém faz nada certo!", "Tudo sou eu nessa casa!"

Será que você tem deixado sua torneira aberta e gotejando?

Está em suas mãos o poder para fechar essa torneira, e trazer paz a sua casa.


Missão da Semana:

Siga as Dicas abaixo, e não aceite mais ser uma mulher rixosa:

É preciso...

1- Se policiar. Toda vez que for falar com seu esposo lembrar que você é Mais Preciosa que Rubis e não uma mulher rixosa.

2- Ignorar certas coisas que parecem implorar para que você perca a paciência. Na prática eu sei que é difícil, mas não é impossível.

Você continuará tendo motivos para reclamar, mas ao invés de gastar o seu tempo com isso, irá aplicá-lo em ações positivas.

Não está mais do que provado que quanto mais reclamamos, menos somos ouvidas?

Se seu marido deixou o banheiro todo desorganizado e molhado depois do banho, você já reclamou com ele várias vezes, e ele continua cometendo os mesmos erros. Parece que ele está implorando para que você reclame de novo. E abra a torneira da mulher rixosa.

O que fazer?

Engolir essa vontade de reclamar. E arrumar o banheiro, com boa vontade. Nada de ficar reclamando que você está cansada e fazer cara feia.

Depois fale para ele: "Amor! Já arrumei o banheiro!"

Ele vai ver que você executou, com muito boa vontade, uma função que era dele. Provavelmente ele vai se sentir na obrigação de tentar te agradar da próxima vez.

Isso é bíblico: faça ao seu marido, o que você queria que ele fizesse a você.

3- Nem sempre você precisa vencer em uma discussão. Nem sempre você precisa provar que está certa, por mais que esteja. Deixe as outras pessoas vencerem na discussão, seja pacificadora.

"Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra!" Mateus 5:5
"Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus!" Mateus 5:9

4- Seja doce em suas palavras. Saiba colocá-las no momento oportuno. Se você precisa falar para o seu marido comprar uma geladeira nova, não significa que você irá reclamar com ele, que a outra está velha e que ele está demorando para comprar. Sugira gentilmente a ele a compra, e não toque mais em nenhum assunto que se diz respeito a cobranças, por um bom tempo.

Senão você estará despejando um balde de problemas sobre ele. Ele ficará sobrecarregado e você vai parecer uma mulher goteira.

Resolva uma prioridade por vez, se focar em vários problemas não conseguirá resolver nenhum.

Use o jeitinho meigo, que todas mulher tem, para conseguir conquistar e sugerir. Preste atenção no que eu sublinhei: conquistar e sugerir. Sem exigir, sem brigar, sem gritar.

Se o homem é a cabeça, a mulher é o pescoço, e todos nós sabemos que a cabeça não vira nem para um lado nem para o outro sem o auxílio do pescoço.

Mas lembre-se: isso nunca acontece por imposição da parte da mulher, mas por doces sugestões, usando sabedoria, exercendo assim o poder da influência da mulher.

5- A Dica mais importante: Busque o Espírito Santo. Você poderá até conseguir praticar esses ensinamentos por um tempo com a sua força de vontade, mas não conseguirá praticá-los para sempre, se você não buscar o Espírito Santo em primeiro lugar. Pois é Ele quem te dará equilíbrio, mansidão, domínio próprio e tantos outros frutos.



Share:

0 comentários